segunda-feira, 2 de julho de 2012

Critica I

Não sou nenhuma entendida na matéria, mas como atendo o público e sei como deve ser o que não deve falhar, decidi criar um espaço no meu blog pessoal de critica a lojas onde têm as suas portas abertas a qualquer tipo de público.
Desde que comecei a trabalhar na área vejo as coisas com outros olhos e dou por mim a reparar em pormenores que de outra forma não repararia.
Antes de mais, sou cliente e como tal posso dar a minha opinião - já agora espero ouvir opiniões através de vocês também, para até poder comparar a minha experiência com a vossa.

A primeira loja deste novo espaço, foi o Restaurante Kurz & Gut, situado no Freeport de Alcochete.

Estava eu a passear e a olhar para os restaurantes lá situados, quando um jovem me deu um panfleto igual a este aqui por baixo, comecei a lê-lo e pareceu-me que teria comida interessante e lá fui eu.




Bastante movimentado por volta das 12.30 (o que claro seria de esperar), fiquei na fila á espera. Quando se aproximou a minha vez comecei a reparar na senhora que estava na caixa (este restaurante franchisado tem o sistema pré-pagamento) a resmungar com o colega sistematicamente que estava a colocar as coisas nos tabuleiros.
Chegou a minha vez e mais uma vez, mais berros para o colega e "que este não sabia fazer bem as coisas e que trocava tudo e ai meu deus e etc e tal" isto tudo á frente dos clientes.
Fui para o lado, á espera das minhas coisas e esta empregada, sempre no mesmo. A refilar com o colega em frente aos clientes e o colega quase nem se ouvia a responder e melhor dos melhores é atender os clientes que vinham a seguir a mim e estar a desabafar com estes (ou então estava a falar para com ela mesmo mas ligeiramente mais alto). A sério, achei mesmo muito mal feito e que esta senhora não tem as minimas noções como se deve atender público.


Mas nem tudo é mau (e ainda bem por isso). A comida estava muito boa (apesar de ser ao género fast food). Eu escolhi um Bitoque e o Pedro também. O bife era bem tenrinho, o ovo estrelado estava no ponto e não estava queimado (como em muitos sitios acontece), o arroz também estava bom. A sobremesa o Pedro escolheu um Häagen-Dazs de Chocolate Belga (que está sempre bom) e eu o doce do dia, ou seja, uma fatia de Bolo Brigadeiro, que estava 5*, fresco e delicioso.
Os empregados, sempre eficientes a tirarem os tabuleiros das mesas e a limpá-las, o que gostei de ver.
Isto tudo ao som de um concerto de Jennifer Lopez LOOOOOOOL que alguém colocou certamente a dar na televisão.
Ora bem e de certa forma, fui a um restaurante que se diz de comida alemã, com a maioria dos empregados brasileiros e sempre ao som de música latina e acabei por escolher comida portuguesa em vez da alemã (um verdadeiro milk shake de nacionalidades portanto).
Gostei de tudo, realmente, á excepção dos pontos negativos que referi.

Em relação áquilo que paguei: 2 Menus de Pratos Combinados (Bitoque + Bebida) - 12,40€, mais 1 Gelado - 3,43€ e a Fatia de Bolo - 2,78€, o que deu um total de 18,61€. Um pouco puxado talvez para o tipo de comida, mas mais uma vez, achei que compensou, porque a comida estava mesmo muito boa.


Sem comentários:

Publicar um comentário